Campanha

Categorias

John F. Kennedy

"O homem tem que estabelecer um final para a guerra, senão, a guerra estabelecerá um final para a humanidade."

Calendário

junho 2019
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Lista de Links


« | Main | »

Primeira Guerra Mundial – História – Parte 1

By Cap. Handerson Frota | agosto 16, 2008

Olá Soldados, venho através deste reportar como se iniciou com detalhes a 1ª Grande Guerra.
No período de 1914-1918 aconteceu uma das maiores carnificinas e guerra da história, com quase 10 milhões de soldados mortos e mais de 30 milhões de feridos, uma carnificina superada apenas pela segunda guerra mundial 20 anos depois.
Mas o que motivou essa Guerra ? Quem foi que incentivou/motivou esse acontecimento mundial ?

Foi nos Balcãs onde tudo começou, há mais de 100 anos.

Tanto no começo do Século XX quanto no seu final os Bálcãs foram a parte mais instável da Europa, onde três grandes impérios lutaram por poder e influência: Austro-Húngaro, Russia e Otomano.

Por centenas de anos os turcos otomanos tiveram pulso firme. Sérvia, Bósnia e Albânia estavam sob seu controle.

Eles construíram mais de 80 mesquitas na Belgrado sérvia, mas por volta de 1900 só restava uma, pois a sérvia tinha expulsado os turcos e se estabelecido como um reino independente.
Mas existia bem na fronteira sérvia um desafio ainda maior para o seu nacionalismo eslavo, era O Império Austro-Húngaro.

“Os velhos turcos do sul tinham ido embora, mas novos inimigos vinham do Norte, mais terríveis e perigosos que os velhos. Eles queriam tirar a nossa liberdade e a nossa língua e nos esmagar.” – Manifesto Secreto. 1911.

O império era comandado pelo tio de Franz Ferdinand, Francisco José. Era imperador da Áustria e Rei da Hungria, em 1914 estava no comando há 66 anos, passou todos esses anos tentando resistir a qualquer tipo de mudança, e dificilmente era visto sem uniforme militar, pois odiava a idéia de reforma política.

Em todo o império somente os húngaros e austríacos tinham algum poder real e os húngaros recusavam-se a dividi-lo com os demais. E olha que o império detinha pelo menos 10 nacionalidades diferentes: Tchecos, Eslovacos, Poloneses, Romenos, Italianos, Croatas e Bósnios.

Para alguns países como a Sérvia a Áustria-Hungria era a prisão das nações que triturava pequenos povos sob os calcanhares.

Em 1905 começou uma série de demonstrações nacionalistas em Viena, em 1912 houve tumultos em Budapeste, em 1914 houve mal-estar étnico em quase todo o Império Austro-Húngaro.

Parlamentos locais foram suspensos, tropas foram trazidas para restaurar a ordem.

Esses problemas domésticos deram oportunidade a seus inimigos, pois a Sérvia queria dissolução do império, ela acolheu bem, agitações nacionalistas, particularmente na Croácia e na Bósnia, sem falar que apoiada pela Rússia eslava a Sérvia via si mesma como a única esperança de independência para os eslavos vivendo sob poder estrangeiro nos Balcãs.

A real intenção era uni-los em um único estado de eslavo do sul: Iugoslávia.

Dragutin Dimitrijevic era um oficial no Exército Sérvio, ele se opunha a qualquer forma de amizade com a Áustria ou qualquer outra aliada a ela.

Ele acreditava que matando reis poderia trazer mudanças políticas, tinha funcionado para ele no passado no ano de 1903 ele liderou uma revolução palaciana que matou o velho Rei da Sérvia que era próximo demais da Áustria para o gosto do exército.

“A rendição cega ao abraço da Áustria foi a traição mais vergonhosa das tradições sérvias. Percebi que a Sérvia deveria em total extensão tornar-se a líder não só dos sérvios, mas da Iugoslávia” –DIMTRIJEVIC

Só para vocês entenderem a Sérvia era tratada como um estado perigoso, o resto do mundo estava horrorizado com o golpe sangrento de 1903.

“Um ninho para revolucionários..” – Ministro do Exterior.

Apenas dois países enviaram embaixadores para a coroação do Rei Pedro(pós revolução).

Rússia que era uma grande aliada sérvia e a Áustria, a sua grande inimiga.

E para quem não sabe, Dimitrijevic foi também um dos fundadores da “Mão Negra”, uma sociedade secreta militar que se utilizou de terrorismo e assassinato para tentar estabelecer a Iugoslávia.

Dizem que ele enviou homens para matar líderes militares Austro-Húngaros e Ministros de Estado, ele supostamente também tentou matar o Imperador Francisco José.


Isso é apenas um resumo de como andava o clima naquela época, mas vejamos quem é um dos principais, porque não dizer o principal personagem que ajudou a estourar a guerra.
Nascido em uma parte pobre e montanhosa da Bósnia o Gavrilo Pincip era um estudante que era ligado a organização Mão Negra e foi ele que matou em Sarajevo no dia 28 de junho de 1914 o arquiduque da Áustria-Hungria e presumível herdeiro do trono imperial, Francisco Fernando(Franz Ferdinand) e sua esposa Sofia(Sophie), duquesa de Hohenberg.

Mas como e porque ? Isso ficará para o próximo post.

Comando dispensado.

PS: Não sei bem se é o editor do WordPress ou o tema que eu escolhi, só sei que está muito ruim colocar imagens no post, e principalmente alinhar ;(, mas se observarem no texto tem links para algumas imagens ok.

Be Sociable, Share!

Topics: 1ª Guerra Mundial | 26 Comments »

26 Responses to “Primeira Guerra Mundial – História – Parte 1”

  1. Natha Says:
    setembro 15th, 2009 at 22:17

    Será que eh pq essas imagens sao do documentario? e praticamente o texto eh a legenda que vc arrancou do filme?

  2. Handerson Frota Says:
    setembro 16th, 2009 at 5:42

    Olá Natha tudo bem.

    Sobre as imagens.
    Claro que são do documentário, em que momento eu falei que eu tirei as fotos ?

    Sobre o texto.
    Todas as citações foram sim retiradas do documentário, afinal foram as palavras dos “personagens”, eu não poderia inventar as frases, como disse são citações de cada personagem.

    O meu intuito é sintetizar o conteúdo do documentário ao máximo, tentando resumir e usar o meu entendimento e palavras para explicar cada etapa dos acontecimentos, tentando utilizar uma linguagem mais didática e simples, para facilitar o entendimento do leitor, é claro que o texto irá ficar bem parecido com o do documentário, mas não é como você esta falando.

    Obrigado e volte sempre.

  3. Jose Says:
    fevereiro 17th, 2010 at 3:44

    Excelente material. E um esforço muito apreciado o seu de colocar na web, para quem nâo teve acesso de outras formas, o texto e as imagens do documentário.

    Não se sinta desestimulado por críticas veladas e sem fundamento, de gente pretenciosa e mesquinha.

    Cultura é importante para todos. Conhecimento dos erros e acertos do passado leva a civilização adiante e promove melhorias na consciência da raça humana.

  4. Amanda Rodrigues Says:
    março 2nd, 2010 at 11:41

    achei muito bom este socumento e acho que a cultura é muito importante pq se n tiver o cidado de preservar o pouco qe resta oq diram os filhos dos nossos filhos.

    Meu nome é Amanda e tenho 16 anos moro no rj E EU PENSSO ASSIM!

  5. Handerson Frota Says:
    março 2nd, 2010 at 15:17

    Olá Jose muito obrigado pelo apoio. Mas estou em dívidas com vocês, pois já faz um tempo que não “posto” mais nada. Realmente é falta de tempo.

    Abraços e obrigado.

  6. Handerson Frota Says:
    março 2nd, 2010 at 15:18

    Oi Amanda, que bom que você pensa assim, continue assim viu.

    Bjs. E obrigado pela visita.

  7. ETA Says:
    março 31st, 2010 at 8:49

    O Amanda Rodrigues voçe pode me falar oque e a palavra

    Socumento ??
    Se outra pessoa souber me avise

  8. Handerson Frota Says:
    abril 2nd, 2010 at 8:07

    Calma ETA, foi um erro de digitação, era para ser Documento e saiu um S no lugar do D.

    Relaxa 🙂

    Abraços

  9. gisllaine Says:
    abril 19th, 2010 at 11:28

    ola

  10. Handerson Frota Says:
    abril 19th, 2010 at 11:52

    Olá gisllaine 🙂 tudo bem ? Fique à vontade no nosso site.

  11. Primeira Guerra Mundial – História – Parte 3 | Trincheiras Says:
    maio 3rd, 2010 at 11:27

    […] Primeira Guerra Mundial – História – Parte 1 […]

  12. Flávia Says:
    maio 25th, 2010 at 7:09

    Por que os homens que gravavam as cenas da primeira guerra mundial, so gravavam as cenas de vitória? por que não as derrotas?
    Preciso saber disso para um trabalho escolar
    Obrigado

  13. Rafael Says:
    julho 1st, 2010 at 15:58

    Muito Obrigado, otimo material, tenho prova sobre isso amanha e mesmo sabendo a materia resolvi ler mais para saber oque realmente aconteceu e não só aquele bla bla bla d escola, gostei bastante e vou terminar d ler.

  14. Handerson Frota Says:
    julho 1st, 2010 at 16:01

    Olá Rafael.

    Pois é, infelizmente a História contata em livros e aulas de nossos colégios são muito vagas, sem detalhes, praticamente somente o básico.

    Boa prova então 😉

  15. sara Says:
    julho 30th, 2011 at 9:33

    Que documentário é esse? me passem pfv

  16. Cap. Handerson Frota Says:
    julho 31st, 2011 at 10:48

    Olá recruta Sara.

    O nome do documentário é: The First World War (A Primeira Guerra Mundial) da BBC.

    Dispensada 😉

  17. daniel Says:
    agosto 30th, 2011 at 4:21

    legallllllllllllllllllll

  18. Luiz henrique. Says:
    setembro 21st, 2011 at 18:34

    Olá companheiro, onde eu posso baixar o documentário inteiro????????

  19. Luiz henrique. Says:
    setembro 21st, 2011 at 18:37

    Boa noite sr. Handerson, cordiais saudações. O senhor poderia me informar onde posso baixar esse documentário inteiro?
    certo de ser atendido agradeço antecipadamente.

  20. Cap. Handerson Frota Says:
    setembro 22nd, 2011 at 6:08

    Olá Luiz.

    Bem, eu possuo o DVD original, mas basta fazer uma pesquisa rápida no Google sobre “The First World War (A Primeira Guerra Mundial) da BBC” que você encontra, mas aconselho a comprar o DVD, pois é muito bacana.

    Obrigado pela visita.

  21. Nayara Ires Says:
    outubro 2nd, 2011 at 10:46

    Achei impressionante certos detalhes que você incluiu ao texto, tudo muito direto, é claro, mas de uma forma mais clara do que mostram ser os livros didáticos.
    Particularmente o que me chamou a atenção é o nome do rquiduque da Áustria-Hungria, Franz Ferdinand, nome que servira de inspiração para uma de minhas bandas favoritas, o Franz Ferdinand. Os mesmos têm uma música como nome “All for you Sophia” cuja a letra manifesta parte do que foi mencionado no seu post, vale a pena conferir, já que é bem legal que bandas usem contextos históricos para comporem suas músicas.
    Outra coisa que achei bem bacana é a sua atenciosidade com os leitores. Parabéns e obrigada Handerson, por compartilhar seus conhecimentos ♥

  22. Cap. Handerson Frota Says:
    outubro 3rd, 2011 at 12:33

    Olá Nayara, obrigado pelos seus comentário.

    Verdade eu conheço essa banda sim.

    Que bom que você gostou do post!

    Abraços

  23. Julia Says:
    maio 27th, 2012 at 15:13

    Olá eu queria saber o que foram as Trincheiras na primeira guerra mundial por que eu to procurando e não achei o que daria para colocar do dever ne casa seria bom se pudesse me responder hoje
    muito obrigada pela atençao 😀

  24. Cap. Handerson Frota Says:
    maio 28th, 2012 at 6:24

    Olá Julia, você pode encontrar uma explicação no final deste post: http://www.handersonfrota.com.br/trincheira/trincheiras-ordens-dadas/

    Abraços

  25. elton Says:
    junho 16th, 2012 at 13:48

    Valeu pelo post, retratou muito bem o clima daquela época, em suma está muito bem escrito .

  26. Cap. Handerson Frota Says:
    junho 19th, 2012 at 12:28

    Olá Elton, obrigado.

    Volte sempre!

    Abraços.

Comments